1979 – Pressão italiana

Em fevereiro, 70 deputados comunistas e da esquerda independente na Câmara dos Deputados da Itália apresentaram uma moção pedindo a suspensão dos financiamentos da Comunidade Econômica Europeia (CEE) a projetos de usinas hidrelétricas na Amazônia. Reivindicaram ainda que o Banco Mundial fosse pressionado para exigir que todos os projetos financiados na região amazônica levassem em consideração a proteção ao meio ambiente.

Os parlamentares queriam também a organização de uma entidade internacional para acompanhar a exploração econômica das florestas tropicais, principalmente a amazônica, e que fosse dado estímulo em todo o mundo a planos de desenvolvimento econômico que permitissem aos países endividados cuidar de suas florestas. A moção conclamava o governo italiano a combater o desmatamento das florestas brasileiras, argumentando que a Amazônia participa com um terço da área desmatada a cada ano no mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s