Campanha pela floresta

 

A edição e 8 de agosto de 1989 do jornal New York Times publicou anúncio de página inteira, patrocinado pela Organização Save the Rainforest/Rainforest Action Network (Salvem a Selva Tropical/Rede de Ação Selva Tropical), baseada em São Francisco, Califórnia. O anúncio convidava os americanos a enviar cartas de protesto contra três casos de destruição de floresta.

Um deles de consumaria através de um empréstimo de 700 milhões de dólares que o governo brasileiro estaria negociando junto ao Banco Mundial para construir hidrelétricas na Amazônia. Os dois outros casos seriam a destruição da selva de Penan, em Bornéu, e o de uma indústria de papel americana que estava acabando com as árvores de uma região da Indonésia para plantar outras, mais apropriadas à produção de celulose.

No caso brasileiro, fontes do Bird e do governo disseram tratar-se de um equívoco, porque os financiamentos em discussão se destinavam apenas a projetos de distribuição, conservação e poupança de eletricidade, não podendo ser usados para a construção de nenhuma usina.

O anúncio era encabeçado por oito fotos, entre as quais a do presidente do Brasil, José Sarney, do presidente dos Estados Unidos, George Bush, e do secretário do Tesouro dos EUA, Nicholas Brady, com o título: “Não será você, mas esses oito homens que vão decidir os destinos dos seus filhos”.

(Jornal do Brasil,Rio de Janeiro/RJ, 09/08/1989)