Vale: projetos ecológicos

A Companhia Vale do Rio Doce aprovou, em 1990, um novo plano diretor de meio ambiente que previa a aplicação do equivalente a 20 milhões de dólares até 1993 na área de sua atuação. Entre os projetos, o de reflorestamento na Serra de Carajás previa o investimento de US$ 900 mil com plantio de espécies de árvores nativas para proteger o solo contra a erosão ao longo da ferrovia de Carajás à Ponta da Madeira, no Maranhão. Outro projeto, de US$ 400 mil, era para implementar a “faixa verde” no terminal portuário de São Luís.

(Gazeta Mercantil, São Paulo/SP, 04/01/1990)