O começo de Balbina

Os testes de energização da linha de transmissão desde a hidrelétrica de Balbina até Manaus, com extensão de 157 quilômetros, foram iniciados no dia 8 de fevereiro de 1989, às 12 horas, segundo uma nota de esclarecimento da Eletrobrás e do Ministério de Minas e Energia, publicada na imprensa do Estado do Amazonas.

A nota foi motivada por uma denúncia do jornal O Estado de S. Paulo, segundo a qual a usina havia começado a funcionar sem inauguração oficial. Em Brasília, a Eletronorte negou a informação, garantindo – contrariamente à nota oficial – que a usina não começara ainda a funcionar.

A empresa também desmentiu que estivesse devendo 300 milhões de dólares a credores estrangeiros das obras de Balbina. Assegurou que todos os US$ 600 milhões aplicados nas obras estavam quitados.

(O Estado de S. Paulo, São Paulo/SP, 10/02/1989)