Soja pelo Madeira

Em julho de 2001 o grupo Maggi começou a exportação de farejo de soja produzido em Mato Grosso através da hidrovia do Madeira, no Amazonas. A fábrica, arrendada à empresa concordatária Olvebra, em Cuiabá, com capacidade para processar 1,5 mil toneladas por dia de soja.

O grupo Maggi esperava, nesse ano, transportar 1,1 milhão de toneladas de soja pelo rio Madeira até o terminal privativo de Itacoatiara, no Estado do Amazonas, de onde a carga embarcaria em navios para o exterior. Outras 400 mil toneladas deveriam sair, em 2001, através dos portos de Santos (SP) e Paranaguá (PR).

(Valor, São Paulo/SP, 03/05/2001)