Petrobrás no Tocantins

Em 1960 a Petrobrás iniciou perfurações no rio Tocantins, na área do município de Imperatriz, no Maranhão, e em Baião e Bailique, no Pará. Em Imperatriz foi utilizada uma sonda que atuara até então na ilha Mexiana, no arquipélago do Marajó, sem sucesso.

O transporte de 400 toneladas de equipamento foi realizado através da rodovia Belém-Brasília, recém-inaugurada. A Rodobrás, que construiu e mantinha a estrada, deu apoio a dois acampamentos que a Petrobrás instalou às margens da rodovia.

(Folha do Norte, Belém/PA, 26/10/1960)