BR-163 asfaltada

Em novembro de 2000, o empresário Blairo Maggi apresentou ao Ministério dos Transportes proposta para o asfaltamento da rodovia BR-163 (Santarém-Cuiabá) com recursos da iniciativa. A obra seria concluída em dois anos, ao custo de 200 milhões de dólares.

O empresário, principal executivo do grupo AMaggi, o maior produtor de soja do Brasil, garantiu poder atrair grupos como a japonesa Sumitomo, a Cargill, a Ceval e a Dreyfus, complementando os investimentos com financiamento do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

O asfaltamento da estrada facilitaria a produção de soja da região Centro-Oeste, tornando mais competitiva a sua comercialização.

(Gazeta Mercantil/Pará. Belém/PA, 08/11/2000)