Conflito de terras no Maranhão

Um grupo de posseiros da gleba Riachuelo, próxima ao povoado São José dos Mouras, a 250 quilômetros de São Luís, no Maranhão, organizaram uma tocaia e mataram, em junho de 1987, o capataz Manoel Messias Ferreira, supostamente irmão do fazendeiro Francisco Ferreira, mais conhecido como Chico Messias.

Desde o ano anterior ocorriam conflitos na fazenda, de 2.600 hectares, onde 30 famílias de posseiros se haviam estabelecido. Um mês antes do assassinato do capataz a fazenda foi considerada de interesse social para fins de desapropriação, dentro do programa nacional de reforma agrária.

(Jornal do Brasil, Rio de Janeiro/RJ, 23/06/1987)