O desmatamento e o efeito estufa

Levantamento realizado pelo Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), de São José dos Campos, São Paulo, divulgado em 1990, revelou que o desmatamento na Amazônia contribui com 254 milhões de toneladas por ano para as emissões globais de carbono na atmosfera, representando 3,7% do total.

Os quatro países que mais poluem a atmosfera são os Estados Unidos, a antiga União Soviética, China e Japão, responsáveis por 60% das emissões que provocam o efeito estufa. O desmatamento na Amazônia, ainda segundo o Inpe, atingia então a média anual de 22 mil quilômetros quadrados. Para reflorestar a região, à razão de mil dólares por hectare, seria preciso investir 2 bilhões de dólares anuais.

(Gazeta Mercantil, São Paulo/SP, 11/07/1990)