Orsa assume Jari

Em 2000, o grupo Orsa, do empresário Sérgio Amoroso, assumiu o controle da Jari Celulose pelo valor simbólico de um real. Para isso, incorporou uma dívida equivalente a 415 milhões de dólares junto a 17 bancos credores. Pelo esquema acertado, o novo controlador deveria amortizar US$ 112 milhões até 2010.

Em 2000 ele pagou US$ 12 milhões. Em 2001, foram apenas US$ 6 milhões. O valor das parcelas ficaria vinculado ao faturamento, que em 2001 foi de US$ 155 milhões.

A Orsa investiu US$ 54 milhões para permitir a continuidade da produção, de 300 mil toneladas anuais de celulose, representando 5% da produção nacional. O Projeto Jari surgiu em 1967, criado pelo milionário americano Daniel Ludwig.

(O Liberal, Belém/PA, 30/01/2002)