Cotas na Zona Franca

A partir de 1988, a cota de importação das empresas instaladas na Zona Franca de Manaus passou a ser de 800 milhões de dólares. Foi a maior elevação feita até então, desde o contingenciamento das importações daquela zona, estabelecido em 1976. A medida foi adotada pelo presidente José Sarney, através do decreto 95.780.

Ao mesmo tempo, a Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) decidiu que nenhuma empresa comercial receberia cota inicial inferior a US$ 50 mil, nem superior a 5% do valor da cota atribuída ao setor da distribuição inicial.

(O Liberal, Belém/PA, 18/03/1988)