O manganês do Amapá

A Icomi (Indústria e Comércio de Minérios), do grupo Azevedo Antunes, produziu 565 mil toneladas de manganês na mina de Serra do Navio, no Amapá, em 1990. Foram exportadas 482 mil toneladas de minério e vendidas no mercado interno 83 mil toneladas.

O faturamento com a exportação foi de 41,1 milhões de dólares, enquanto as vendas internas foram de US$ 7,1 milhões. As reservas mundiais de manganês estavam estimadas então em quase 16 bilhões de toneladas, sendo 240 milhões no Brasil, distribuídas entre Mato Grosso (40%), Pará (34%) e Amapá.

(Gazeta Mercantil, São Paulo/SP, 01/03/1981)