Revolta de garimpeiros em Altamira

Em fevereiro de 1986, cerca de 1.500 garimpeiros invadiram a mina de ouro da Oca Mineração no garimpo de Itatá, em Altamira, no Pará. Dias depois da invasão, que interrompeu as atividades da empresa, os garimpeiros montaram uma emboscada, da qual agentes da Polícia Federal e funcionários da empresa saíram feridos.

O governo do Estado interveio para tentar negociar uma saída, mas os garimpeiros, para pressionar pela saída da empresa da área, ocuparam durante quatro horas a cidade de Altamira, depredaram e saquearam prédios públicos, desligando a energia e bloqueando o tráfego na rodovia Transamazônica. A situação só se normalizou com a intervenção do 51º Batalhão de Infantaria de Selva do Exército.

Fonte: Arquivo Pessoal, 03/03/1986