Fábrica de papel

Em fevereiro de 1967, o Conselho Técnico da Sudam aprovou o projeto de ampliação da Facepa (Fábrica de Papel e Celulose da Amazônia), de 3.500 toneladas por ano para 5.500 toneladas anuais, com faturamento de 4 bilhões de cruzeiros antigos (da época). A indústria, instalada em Belém, passaria também a produzir papel semi-kraft e higiênico, abastecendo toda a Amazônia e parte do  Nordeste.

Fonte: Folha do Norte (Belém/PA), 09/07/1967