Mortandade entre os xikrin

Em 1953, os índios xikrin, do grupo kayapó, instalados às margens do rio Cateté, subafluente do Tocantins, no Pará, tinham uma população de 800 indivíduos. Em 1967. estavam reduzidos a 110, quando a tribo sofreu um surto de tuberculose, provavelmente transmitida por colonos brancos. Vivia entre eles nessa época um missionário, frei José, da Ordem dos Dominicanos.

Fonte: Folha do Norte (Belém/PA), 13/07/1967