Repórter francês desaparece

O jornalista francês Raymond Maufrais, repórter da revista “Sciences et Voyages”, desapareceu, provavelmente em dezembro de 1959, quando tentava alcançar o Pará através da Guiana Francesa. Ele teria sido preso e massacrado pelos índios Emerillons quando escalava a Serra do Tumucumaque, na fronteira entre os dois países, visando chegar as nascentes do rio Tamouri, afluente do Oiapoque. No ano seguinte, foi encontrado o passaporte, o facão e o livro de notas do explorador, que ainda estaria vivo. A partir daí seu pai, Edgar Maufrais, percorreu longamente a Amazônia atrás do filho, sem êxito.

Fonte: Folha do Norte (Belém/PA), 27/07/1954