O atraso de Balbina

Pelo seu cronograma original, a hidrelétrica de Balbina, no Amazonas, deveria ter sido inaugurada em 1980, quando seus 250 mil kw seriam suficientes para garantir o abastecimento de Manaus, que então consumia 80 mil kw. Seu atraso, porém, impossibilitou-a de cumprir essa meta. A barragem inundaria uma área de 1.580 quilômetros quadrados.

Fonte : A Crítica (Manaus), 21-06-1986