Quintino enterrado

Armando Oliveira Silva, mais conhecido como Quintino, foi sepultado no dia 13 de janeiro de 1985 na localidade de São José do Piriá, município de Viseu, no Pará. Antes, o corpo passou por várias localidades da região, onde ele atuava como uma espécie de Robin Hood (por isso o chamavam de “gatilheiro”), em defesa de posseiros contra os proprietários de terras, até ser morto pela Polícia Militar.

Mais de 10 mil pessoas viram o corpo de Quintino, moradores de 32 localidades abrangidas pela Gleba Cidapar, um dos mais graves conflitos de terra do Estado. Quintino foi enterrado junto ao túmulo do pai, satisfazendo o desejo da viúva, Helena, dos seus quatro filhos e de dois irmãos, Raimundo e Benedito.

Fonte : O Liberal (Belém/PA), 14-01-1985