Japoneses prospectam negócios com ouro

Em 1982, técnicos da Bishimetal Exploration Co. Ltd., subsidiária da Mitsubish Metal Corporation, iniciaram um levantamento geral das reservas minerais brasileiras. Um dos trabalhos contidos nesse levantamento era a avaliação do potencial das jazidas de ouro. Importando mais de 300 toneladas de ouro anualmente, o Japão tinha interesse em buscar novas fontes de suprimento.

O objetivo da Mitsubish, no entanto, não seria fazer diretamente a exploração, mas apenas intermediar a atividade, atuando como firma de consultoria sobre recursos naturais. O trabalho fazia parte do programa japonês de ajuda externa ao desenvolvimento, o Ovserseas Development Aid. As áreas visadas na Amazônia eram os distritos de mineração de Serra Pelada, Cymaru e Tapajós, no Estado do Pará.

Fonte: O Globo (Rio de Janeiro/RJ), 06-02-1990