O garimpo como reduto eleitoral

Entre maio de 1980 e 12 de dezembro de 1982, o garimpo de Serra Pelada, em Marabá, no Pará, produziu 15.848 quilos de ouro, no valor de 230 milhões de dólares, segundo dados citados pelo tenente-coronel (da reserva) Sebastião Rodrigues de Moura, num manifesto divulgado em dezembro de 1982.

Como candidato eleito a deputado federal pelo PDS paraense, o militar, mais conhecido como Curió, protestou contra a impugnação das eleições em Serra Pelada pelo TRE, sob o argumento de que houvera irregularidades na votação e que o garimpo se localizava em propriedade particular. Em Serra Pelada residiam, na época, 35 mil pessoas.

Fonte: O Liberal (Belém/PA), 31-07-1985