Posseiros matam pistoleiros

Em fevereiro de 1980, cinco pistoleiros paranaenses foram mortos em um conflito com 59 posseiros, em Marabá, no Pará. Os pistoleiros teriam sido contratados pelo dono da Fazenda JK, Rui Jacinto, para expulsar os ocupantes da propriedade, mas os lavradores se anteciparam, emboscando os pistoleiros. O fazendeiro possuía títulos provisórios de propriedade da área, que estava sendo demarcada pelo Getat (Grupo Executivo de Terras do Araguaia-Tocantins).

Fonte: O Estado do Pará (Belém/PA), 16-01-1987